Páginas

Minha lista de blogs

Loading...

Pesquisar este blog

domingo, 21 de março de 2010

CRISE CHINESA


Crise Chinesa - Este é o conceito básico e imprescindível para a construção de uma boa cena de Teatro-Fórum.

Inspirado no mandarim, idioma chinês que usa ideogramas (imagens que simbolizam palavras), Boal identificou um dos pontos capitais da relação opressor-oprimido:a crise chinesa.

De acordo com o pensamento oriental, o conceito que mais se aproxima do que aqui no ocidente chamamos de crise, é que une dois ideogramas numa relação complementar de Perigo + Oportunidade.

Para os chineses é assim que se vê uma situação de crise: um momento de perigo, mas igualmente um momento de oportunidade. Não há crise que se estabeleça sem que haja uma boa oportunidade de contorná-la.

E como no Teatro do Oprimido encenamos situações reais e concretas, é óbvio que em toda cena haverá um momento de perigo que contém também uma boa oportunidade para o personagem protagonista-oprimido.

O legal é perceber que essa relação, por ser humana, está em todas as relações humanas. Observe bem as suas situações de crise e verifique se não foram (ou é) uma situação de crise chinesa.

Um comentário: